#APP / Blushe chega ao mercado para aproximar clientes e profissionais de beleza

O aplicativo promete não apenas facilitar a busca de trabalhadores qualificados, mas principalmente oferecer maior liberdade tanto para quem precisa, como para aqueles que oferecem serviços nesse segmento.

blushe

A mesma tecnologia que aproxima as pessoas através das redes sociais, agora também está facilitando o encontro de clientes e profissionais de beleza. A Blushe é um aplicativo que acaba de chegar ao mercado e promete não apenas facilitar a busca de trabalhadores qualificados, mas principalmente oferecer maior liberdade tanto para quem precisa, como para aqueles que oferecem serviços nesse segmento.

Os valores cobrados são bem próximos aos encontrados no mercado. Para serviços de manicure (pé e mão), por exemplo, o custo fica em torno de R$ 45 (quarenta e cinco reais), enquanto que os penteados começam a partir de R$ 80 (oitenta reais). Já as maquiagens para festas e eventos partem de R$ 150 (cento e cinquenta reais). Tudo isso no conforto da sua casa ou escritório, no horário em que você precisa. 

Todo o processo é muito simples. Depois de baixar o app (disponível na Apple Store e no Google Play), a cliente encontra profissionais de beleza como manicures, maquiadores e hairstylist por geolocalização ou pelo seu nome. Depois, escolhe o tipo de serviço, a data, a hora e o local onde deseja ser atendida. O pagamento é feito através do cartão de crédito cadastrado previamente no aplicativo.

A startup que oferece serviços de beleza à domicílio foi idealizada pelo administrador de empresas Marcelo Kim e pelo publicitário Fernando Gavronski. Há dois anos eles começaram a estudar esse mercado e foram aprimorando a plataforma. Hoje, com apenas dois meses de atuação, a empresa já possui 500 clientes e mais de 300 profissionais de beleza. A meta é chegar até o final do próximo ano com mais de dez mil clientes e cerca de mil prestadores de serviço. 

Neste momento, os atendimentos estão disponíveis apenas na Grande São Paulo, mas já existe previsão de expansão para outras capitais do Brasil no decorrer de 2018. “A ideia é disponibilizar o serviço em todo o país, mas sem perder o foco do nosso objetivo principal que é criar um laço entre a cliente, a Blushe e a profissional. Queremos fomentar este mercado de maneira saudável de forma a permitir que o relacionamento não termine depois que o serviço é realizado”, explica Marcelo Kim, sócio-diretor da Blushe.

Os principais diferenciais da empresa para as clientes são os preços competitivos; o acesso direto à agenda da profissional e capacidade de avaliar seu histórico. Já para os profissionais de beleza que tenham interesse em se cadastrar, a Blushe oferece liberdade para a profissional criar seu próprio perfil e se promover; a possibilidade de fidelizar seus clientes e a liberdade de escolha em poder trabalhar como desejar.

“Desenvolvemos um sistema muito prático, que confere disponibilidade para quem precisa de algum serviço de beleza e liberdade para quem trabalha com isso no dia a dia. Acreditamos que essa é uma maneira de contribuir para o desenvolvimento profissional e social desses profissionais, que em sua maioria são autônomos, através da inovação”, afirma Fernando Gavronski, o outro sócio-diretor.

Em breve a empresa promete novidades, como o lançamento de serviços voltados para massagem e depilação já no começo do próximo ano. Quem tiver interesse em se juntar à Blushe precisa passar antes pela curadoria da empresa, que faz uma análise do perfil do profissional com base em entrevista, antecedentes criminais e histórico de trabalho, por exemplo. 

0 comentários