, ,

Guia de criadores de joias e bijuterias É do Rio! lança sua quarta edição

10/11/2018

Única publicação do Brasil voltada para o design de acessórios, o Guia reúne as 84 marcas mais representativas da indústria criativa fluminense. Inspirado no tema Poesias Urbanas, o catálogo apresenta criações que vão desde a alta joalheria até as bijuterias feitas com materiais alternativos e sustentáveis. O lançamento acontece no dia 19 de outubro


"O guia é uma ferramenta de divulgação, que lança tendências e gera negócios, fortalecendo o design carioca de joias e bijuterias. (Carla Pinheiro)''

O design de joias e bijuterias do Rio de Janeiro mostra sua força com a quarta edição do guia É do Rio!, que será lançado no dia 19 de outubro, às 16h no Veste Rio, na varanda do trade.

A publicação da Associação de Joalheiros e Relojoeiros do Rio de Janeiro (Ajorio), em parceria com o Sebrae/RJ, reúne 84 designers, 12 a mais que a última edição publicada no ano passado. O lançamento marca a estreia de 24 empresas, além de inovações em seu formato. Pela primeira vez, o catálogo apresenta um editorial de moda, mostrando a versatilidade dos acessórios nas produções inspiradas no tema "Poesias Urbanas". 

Segundo a presidente da Ajorio, Carla Pinheiro, o objetivo do guia, destinado ao público final e em versão bilíngue, é promover a geração de novos negócios, através da visibilidade dada às micro e pequenas empresas mais representativas do design de joias e bijuterias produzidas no estado do Rio de Janeiro. "Trata-se da única publicação do Brasil com este propósito, e vem se consolidando como uma ferramenta de divulgação extremamente eficaz, lançando tendências, gerando negócios e fortalecendo a imagem do setor e do Rio de Janeiro", afirmou. 

O guia abrange estilos diversos de criações, entre a joalheria tradicional e contemporânea, bijuterias produzidas com materiais alternativos que prezam pela sustentabilidade, gemas raras com lapidações especiais, joias para o público masculino e peças sem gênero que exaltam a diversidade. O denominador comum está no espírito carioca, motor da indústria criativa que confere autenticidade e agrega valor à produção. 

De acordo com a curadora do guia, Regina Machado, a ideia de contextualizar esta edição com as poesias da cidade permite ao designer se apropriar do imaginário carioca na construção conceitual do seu trabalho. "A ideia é mostrar como a poesia urbana se manifesta nos acessórios e se realiza no espírito dos consumidores. As joias e bijuterias têm características próprias, que fogem às sazonalidades de moda. Seu estilo próprio, mais despojado, identifica-se com o jeito carioca de ser, ou seja, tem uma ligação poética com a essência das pessoas", explicou. 

Além de estimular o trabalho dos designers, o projeto do guia anda de mãos dadas com o setor de Turismo. A proposta é oferecer um produto que sintetize o jeito de ser carioca por meio das criações de joias e bijuterias, seduzindo o turista que quer levar um pedacinho da cidade na bagagem. No catálogo, são apresentadas as peças de cada designer com os contatos e endereços virtuais. 

A distribuição acontece em feiras e eventos de moda, hotéis e pontos turísticos ao longo de todo o ano. Para esta edição, a Ajorio fechou uma parceria com o Rio Convention & Visitors Bureau, a fim de ampliar o alcance entre os principais públicos de interesse, sejam turistas, participantes de eventos do mercado de luxo e também operadores de agências de viagens.

Segundo a diretora-executiva da Ajorio, Angela Andrade, o retorno para as empresas tem sido bastante positivo. "O aumento no número de marcas nesta edição mostra que o catálogo tem tido êxito na proposta de consolidar e divulgar o trabalho dos criadores. O Rio é responsável por mais da metade das exportações de joias do Brasil, além de ser o principal estado consumidor de joias autorais", comentou. 

Além do Veste Rio, o guia É do Rio! também será lançado no Coletivo Carandaí 25, em dezembro, e no Seminário de Atualização Tecnológica e o Setor de Joias e Bijuterias, promovido pela Ajorio e Sebrae/RJ no dia 13 de novembro na Casa Firjan. Sua primeira edição foi publicada em 2015, fruto do projeto APL Joia Carioca, executado há 13 anos pela Ajorio e pelo Sebrae, com ações que visam ao fortalecimento do setor. 

Sobre o setor e a Ajorio

O setor de joias, bijuterias e afins comporta 3.203 empresas que empregam 15.334 pessoas no estado do Rio de Janeiro. A Ajorio representa os interesses coletivos do setor e atua por meio de parcerias com o poder público e instituições como o Sebrae/RJ, Fecomércio/RJ, Firjan, entre outras. Filiada ao Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos (IBGM), a Ajorio possui sede própria e seu orçamento é composto pelo pagamento de contribuições dos associados, além de parte de recursos provenientes dos sindicatos que compõem o Sistema Ajorio.

You Might Also Like

0 comentários

SUBSCRIBE NEWSLETTER

Receba todas as novidades em seu e-mail!

Instagram

Facebook